Tags

, , , , , , , , , , , , ,

Muitas mães já tiveram seus dias de dificuldade ao tentar aumentar o interesse de seus filhos na hora das refeições. Quem nunca teve este tipo de problema que atire a primeira pedra. Está iniciada a batalha! È assim que muitos pais se sentem ao sentar-se a mesa com seus filhos. Mas, alguns truques, como a gastronomia criativa, por exemplo, podem ajudar a vencer essa guerra.

Após o primeiro ano de vida, as dificuldades tendem a aumentar, pois a criança passa a prestar muito mais atenção aos acontecimentos à sua volta do que na própria comida. Alguns selecionam alimentos específicos, outros comem menos, aceitam alimentos com determinada consistência ou textura ou ainda pulam refeições. Existem inúmeros especialistas indicados para cada caso, dependendo do grau de dificuldade encontrado. Aqui, vamos falar apenas de uma, da muitas dicas, utilizadas por nutricionistas, pediatras ou nutrólogos especializados no assunto. É a gastronomia divertida e criativa, que atrai a atenção da criança através de pratos bem coloridos e enfeitados.

  

Existem inúmeras maneiras de usar a gastronomia, de modo lúdico, sem deixar os nutrientes de lado. Todos sabem que as crianças precisam de uma alimentação equilibrada que forneça energia e nutrientes para dar suporte ao seu crescimento acelerado e gastos extras com atividades diárias. Além disso, é desde pequeno que se aprende a alimentar-se de maneira saudável para que futuramente isso se torne um hábito para toda uma vida.

A percepção dos sabores é fruto de experiências diversas que incitam principalmente o  paladar, o olfato e a visão através de estímulos diversos. Quem é que não fica animado em experimentar o prato abaixo:

A criança pode não gostar de carne, pimentão ou tomate, mas quem é que identifica tudo isso quando o visual está assim tão bacana. É importante apresentar o maior número de pratos possíveis, afinal a criança ainda não está com o paladar apurado e este é o momento para lhe mostrar as boas opções. Que tal:

Sanduiche de Ovo

Pizza de Frutas

Quesadilla das Bruxas

Não gosta de cogumelos? Mas e se for com todo esse capricho…

torta cogumelos receita infantil

A cultura e os hábitos dentro da sua casa influenciam muito na escolha dos pequenos. Não adianta querer que seu filho coma frutas, legumes, verduras e alimentos saudáveis se dentro de casa você cultiva a paixão pelo Fast Food, adora aquela cestinha de frituras e não dispensa o refrigerante. Não esqueça que as crianças seguem exemplos e o primeiro, em que ela vai se espelhar, está dentro de casa.

Aproveite para aprimorar seus dotes culinários, aprenda receitas práticas e fáceis que irão ajudar a moldar o paladar de seus filhos da melhor maneira. Nos links abaixo você encontra algumas boas dicas, que também serviram de pesquisa para esta matéria, além de receitas pra lá de criativas.

Comer para Crescer, Hungry Happenings, I Share Fun Food, Agrega Pais, Bebê Abril

 Crédito imagens: links acima.