Tags

, , , , , ,

Estamos cansados de saber que nos dias de hoje quem consome uma marca quer muito mais do que um produto de qualidade e um serviço bem feito. A humanidade está mais exigente e, portanto o mercado também. Propagandas interativas em mídias digitais estão cada dia mais frequentes. A arena do consumo nos tempos atuais joga com mais estratégia, maior relevância e comprometimento. As redes sociais são compulsórias e a sociedade exigente por novas propostas que culminem em ações sócio-culturais, esportivas e sustentáveis. Este é o novo consumidor.

Dentro das diretrizes de algumas marcas figuram não somente produtos e serviços mas engajamento com a sociedade. O público espera mais respostas às suas inquietações. O consumidor não é somente aquele que sempre tem razão. È também aquele que desafia as empresas com regras que vão além do código de defesa do consumidor. O trio, bem conhecido pelos estudiosos de marketing, missão, visão e valores parece estar cada vez mais estampado no dia-a-dia das corporações bem estruturadas e mais bem preparadas.

Ações que beneficiam a sociedade são intrínsecas nas empresas que possuem a responsabilidade social empresarial já enraizada em seu plano diretor. A identidade da marca busca um alinhamento com ações concretas e relevantes que demonstrem ao consumidor suas crenças e um modelo de negócio sustentável.

Principalmente aqui no Brasil, ações que cabem ao governo, muitas vezes, acabam deixando um espaço em branco e multiplicando problemas sociais e necessidades estruturais. Muitos assuntos ligados à proteção do meio ambiente, melhoria no âmbito educacional e na saúde acabam sendo direcionados ao setor privado, gerando expectativas, por parte da sociedade, que possam solucionar parte dos problemas existentes.

Portanto, o vínculo criado com algumas causas, pode contribuir com a valorização de uma marca no mercado. Valor este, atribuído pelo consumidor através de sua fidelização e relacionamento. Vincular-se a causas gera condições comerciais favoráveis. O cidadão de hoje está propenso a consumir mais a marca que age frente a atitudes positivas e concretas.

O consumidor de hoje é também um indivíduo mais preocupado com seus valores e ideais. O propósito de uma marca está definitivamente atrelado ao relacionamento e engajamento em torno de seu consumidor e de sua sociedade. A médio e longo prazo o faturamento das empresas poderá sofrer incremento, quando todos os envolvidos em seu negócio forem considerados personagens importantes e não apenas, mero coadjuvantes.

Goodpurpose2012

*Este texto teve como base , o resultado da Edição 2012 da pesquisa Gooodpurpose. Pesquisa que avalia a relação entre marcas e causas socialmente relevantes, realizada com 8mil pessoas em 16 países. 

Se quiser ler mais sobre este tema acesse PurposeEdelman.

Dados Brasil: Slideshare Goodpurpose2012

Crédito imagens: links acima mencionados.