Tags

, , , , , , , , , , , ,

O museu mais importante da Holanda já tem data marcada para sua reinauguração: 13 de abril de 2013. Em sintonia com o século 21, os holandeses trataram de deixar obras de artistas como Rembrandt e Vincent van Gogh disponibilizadas on-line. Além disso, prometem eventos “non-stop” e afirmam que arte e história não fazem parte apenas do passado.

Amsterdã reabre Rijksmuseum após 10 anos de renovações

Foto: by Myra May – Divulgação

Serão mais de 8.000 obras provenientes dos anos de 1200 até 2000, reunidas em 80 galerias diferentes, que retratam histórias através de trabalhos de artistas de renome. O prédio, que tem data de inauguração de 1885, foi todo reformulado pelo escritório espanhol de arquitetura Cruz y Ortiz. Mais espaçoso, com uma entrada imponente, facilidades para os visitantes, muita restauração e um novo pavilhão dedicado ao continente Asiático.

Assim será o novo Rijksmuseum. A decoração e pintura original de muitas paredes serão reveladas após a restauração. O arquiteto francês Jean-Michel Wilmotte, o mesmo que trabalhou no Museu do Louvre, em Paris, também participou dando seus toques na iluminação e em outros detalhes.

Amsterdã reabre Rijksmuseum após 10 anos de renovações

Foto: by Jannes Linders – Divulgação

Pela primeira vez, visitantes poderão acompanhar uma sequencia cronológica de objetos de arte, expostos de modo a contar 800 anos de história da arte, desde a idade média até os dias atuais. Apenas a mais famosa obra do museu, a Ronda Noturna, de Rembrandt, será mantida no local central onde se encontrava antes da reforma. Este será o único museu nacional no mundo que funcionará 365 dias do ano.

Amsterdã reabre Rijksmuseum após 10 anos de renovações

Foto: by Pedro Pegenaute – Divulgação

Alguns dos responsáveis pelo investimento de 375 milhões de Euros são, além do Ministério da Educação, Ciência e Cultura da Holanda, as empresas Philips, ING,  BankGIro LoterIj e KPN. Algumas novas obras foram adquiridas, como uma escultura de 2m de altura de guerreiros japoneses, feita toda em madeira proveniente do século 14. Além do legendário Mondrian, vestido datado de 1965/1966 desenhado pelo estilista Frances Yves Saint Laurent, inspirado no pintor holandês e modernista Piet Mondrian.

Entrando no site do museu é possível acompanhar a contagem regressiva para a reinauguração e, melhor que isso, ainda é possível criar o seu próprio Rijks Studio. Já são mais de 34 mil criações particulares feitas pelos internautas que apreciam as obras de arte e selecionam aquelas que mais gostam para compartilhar nas redes sociais.

Amsterdã reabre Rijksmuseum após 10 anos de renovações

Foto: Van Gogh – autorretrato, Divulgação

Mas os holandeses vão além e disponibilizam o download em alta resolução de imagens das obras para que você possa fazer um print e colocar, por exemplo, o auto retrato de Van Gogh na sua sala. Ou quem sabe, criar a sua própria peça de design!  Gostou? Então acessa o link e veja todos os detalhes deste museu que parece estar chegando para marcar presença de verdade.

Fonte: Rijksmuseum